2014 Pop Resenhas

Jason Mraz – Yes! (2014)

Positividade e amor no álbum novo (e um pouco de Sungha Jung também)

por brunochair

Talvez você não conheça Jason Mraz, mas já ouviu alguma música dele.

Antes de falar sobre Yes!, vamos recordar uma música que fez bastante sucesso?

Ouça “I’m yours”:

Lembrou, né?

Mas, peraí… este não é o Jason Mraz, e sim o Sungha Jung!

Quem nunca, vagando alguma vez pelo youtube, não deu de cara com os arranjos de Sungha Jung para músicas mundialmente conhecidas? Sungha Jung desde pequeno é um virtuose. E duvido que você não tenha ficado puto ao notar que não sabe tocar é nada, perto de um pirralho como esse:

Sungha Jung, você é o cara.

Momento reverência à parte, Jason Mraz e Sungha Jung puderam tocar juntos a canção “I’m Yours” ao vivo uma vez, em 2013. O resultado: mais de cinco milhões de acessos no Youtube para a apresentação. E elogios e mais elogios de Jason Mraz para o grande violonista coreano, uma lenda da internet. Nada mais justo:

Ao mesmo tempo, Sungha Jung envelheceu e perdeu a graça. Legal era ver aquele molequinho fazendo absurdos com um violão duas vezes maior que ele. Mas enfim, vida que segue. Ao menos, temos os vídeos dele para assistir.

Agora, voltando a falar do álbum novo do Jason Mraz, Yes!

ainda bem, achei que esse cara só fosse ficar falando do coreano…

A capa e o nome do novo álbum resumem bem o que Jason Mraz pretende. Yes! é um álbum positivo, que fala sobre o amor em boa parte das faixas, e em todas as condições. A exclamação no fim da palavra é para enfatizar que (yes!) vai dar tudo certo, meu! Bem no estilo do cantor, que curte propagar os bons sentimentos pelo mundo através de sua música, seu modo de vida. Pra ele, o que importa é violão, amor e positividade. Harmonia, saca? Yes!

Yes! apresenta maior coesão que os trabalhos anteriores, tanto em letras quanto em sonoridade. O clima de luau ainda existe, mas o que se busca é algo mais mais universal: o sentimento de amor. Portanto, as músicas soam mais românticas, mais místicas, uníssonas. Neste álbum, o cantor ganhou a parceria da banda feminina de folk Raining Jane, que aparece em boa parte das faixas ao fundo, dando um clima ainda mais relax, estilo new age. A percussão é presente, assim como teclado e elementos diferentes, como a cítara.

Com este álbum, Jason Mraz consolida o seu estilo, quem é e no que acredita. Para quem curte um sonzinho mais tranquilo, é uma boa pedida. O álbum é até monotemático, mas não é chato. Mas se você não curte a turminha do Jack Johnson e agregados, não vai curtir o Jason Mraz também. Pra quem não curte essa pegada “positividade” de ser, fuja para as colinas – não ouça Jason Mraz nem a pau.

Melhores músicas do álbum:

“Hello You Beautiful Thing”, “Quiet”, “3 things”, “You Can Rely On Me”, “A Word With You”.

Abaixo, o álbum inteiro na íntegra, para audição:

0 comentário em “Jason Mraz – Yes! (2014)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: