2014 MPB Nacional Rock samba

Thales Silva – Minimalista (2014)

Capa-01-Minimalista-Thales Silva

Álbum alegre, de ritmos brasileiros e de uma aparente simplicidade

por brunochair

Minimalismo, segundo o dicionário Houaiss, trata-se da “tendência para simplificação e redução dos elementos constitutivos de (algo); princípio de reduzir ao mínimo o emprego de elementos ou recursos”. Thales Silva, a partir dessa concepção ideológica, lançou o álbum Minimalista.

No entanto, não deve-se em nenhum momento confundir a simplificação com a “falta”, com o “pouco”. Pelo contrário, Minimalista vale-se do pensamento “menos é mais”: os instrumentos guitarra/violão, baixo e bateria ocupam todos os espaços, brilham em conjunto. Nota-se cada arranjo trabalhado com muito cuidado, e o vocal e letras de Thales conseguem transitar nitidamente, e dão o toque final ao trabalho.

Minimalista faz lembrar Canções de Apartamento (álbum de 2011 do Cícero) principalmente por conta do aproveitamento máximo dos instrumentos, dos arranjos, do acanhamento estético. No entanto, o que diferencia os dois trabalhos é que o de Cícero é bastante introspectivo, caminhando cada vez mais para uma internalização, enquanto Minimalista faz o inverso, dilata-se e exterioriza-se a cada música.

Este álbum pode ser classificado como um misto de mpb/samba rock, lembrando trabalhos de artistas como Jorge Ben, Novos Baianos, Pedro Luís & A Parede. É um ritmo intensamente brasileiro, incorporando outros elementos brasileiros importantes, como o baião e a bossa.

Capa-02-Minimalista-Thales Silva

O álbum teve produção do próprio Thales Silva, que recebeu também o auxílio de Tiago Corrêa e Henrique Mateus (da banda Transmissor) e de Rodrigo Magalhães, seu parceiro de banda A Fase Rosa. É o primeiro trabalho do cantor fora d’ A Fase Rosa. Isso não quer dizer que a banda tenha dado uma parada, não: aliás, A Fase Rosa também lançou álbum em 2014.

A primeira canção do álbum, “Saudade”, pede licença. Traça um belo panorama do que será um álbum: um samba rock que coloca todos “os nêgo” pra dançar, seja ele black block, esquerda festiva, white boys. Samba, charme, lundu, umbigada quente, soul, funky music. “Por que botô o som na agulha?”

Outras músicas muito boas: “Neguinha”, “Boniteza”, “O Grande Espelho”, “Coisa Linda”, “Sara”. Abaixo, segue o link para ouvir o álbum pelo site do SoundCloud:

Se preferir, dá pra baixar o álbum via amusicoteca.

Altamente recomendado!

4 comentários em “Thales Silva – Minimalista (2014)

  1. Pingback: Russo Passapusso – Paraíso da miragem (2014) | Escuta Essa!

  2. Pingback: Gustavito e a Bicicleta – Quilombo Oriental (2015) | Escuta Essa!

  3. Pingback: Matheus Brant – Assume que gosta (2016) | Escuta Essa!

  4. Pingback: Graveola – Camaleão Borboleta (2016) | Escuta Essa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: