2015 Indie Pop Resenhas Soul

Toro Y Moi – What For? (2015)

 

vqppt2omleyif5pl1lht

Novo álbum do cantor e produtor estadunidense propõe música mais orgânica, com referências setentistas

por brunochair

* Antes de mais nada, necessário ressaltar que a versão que está rodando por aí deste álbum ainda não foi lançada oficialmente. No entanto, por tudo o que se ouve, certamente está muito próximo do que virá, segundo previsão do artista, para maio deste ano de 2015. Por conta disso, as canções ainda não estão acessíveis no Youtube (salvo “Empty Nesters”) embora haja torrents e links na internet com as canções citadas na resenha.

Você conhece Toro Y Moi? Na realidade, Toro Y Moi é um dos pseudônimos artísticos de Chazwick Bradley Bundick, jovem artista americano de 28 anos. Em 2011, o produtor, cantor e multi-instrumentista gravou o seu segundo álbum, Underneath The Pine. Este álbum, interessante do ponto de vista musical e estético, ofereceu ao artista reconhecimento internacional, além de ser apontado como o precursor de um novo movimento musical, o chillwave.

Chazwick é um desses caras que possui um conhecimento musical bastante vasto, e consegue desenvolver, em suas próprias canções, um sem número de experimentos. É o que pode-se observar nesse disco de 2011, que trabalha com elementos eletrônicos, fortes linhas melódicas e psicodelia, sem exagerar em nenhum destes estilos. No entanto, é um álbum em que o synthpop psicodélico está muito mais presente. É muito mais eletrônico que analógico, por fim.

Depois de lançar um álbum em que o artista parece estar interessado em propor uma transição (Anything in Return) parece que em What For? ele consegue, por fim, completar esse ciclo, voltando o seu estilo para algo mais orgânico. Os elementos eletrônicos continuam presentes, mas instrumentos como guitarra, baixo (muito parecido com o do Tame Impala) e bateria comandam boa parte das ações, todos eles com a pitada certa de psicodelia.

Se em Anything in Return o projeto Toro Y Moi parecia meio perdido e até em certo ponto vazio, parece ter ganhado o vigor neste What For?. Podemos observar, em relação a estilo musical, que o artista flerta com ritmos setentistas, como a Disco Music (no caso da canção “Buffalo”) e o R&B. Daft Punk, considerado por Chazwick como uma das grandes influências musicais, está como nunca presente – em canções como “Spell It Out” e “Half Dome”. O clima pop/progressivo de bandas como Chicago e Supertramp também influencia este novo álbum.

Por falar em pop, Chazwick nunca soou tão palatável para o grande público. Criou várias músicas que poderão estar presentes nas rádios, em questão de tempos, se levarmos em conta a musicalidade, letras e duração das canções. É engraçado que, enquanto Chazwick leva o Toro Y Moi para uma direção mais “comercial”, Les Sins (seu outro projeto musical) caminha para uma direção mais soturna do eletrônico. Ou seja, é um artista que produz música com diversas referências, e ambas com muita categoria.

Uma peculiaridade é o processo de gravação das músicas: nos primeiros álbuns, Chazwick optou por gravar todo o álbum em um estúdio caseiro. O ambiente de estúdio, segundo ele, é pouco inspirador, e pior – atrapalha o seu processo criativo. Todos os instrumentos analógicos e elementos eletrônicos da música são criados, produzidos e equalizados por ele mesmo. No caso de Toro Y Moi, por conta do seu álbum de 2013 (Anything in Return) ser muito mais orgânico que o anterior, o artista já necessitou sair em turnê auxiliado por uma banda de apoio. Show este que os brasileiros puderam receber em 2013, e que (esperamos) possa receber nova visita a partir do lançamento deste álbum novo.

Melhores músicas: “Buffalo”, “Empty Nesters”, “Lilly”, “Spell It Out”, “Yeah Right”.

 

3 comentários em “Toro Y Moi – What For? (2015)

  1. Pingback: Steve Earle & The Dukes – Terraplane (2015) | Escuta Essa!

  2. Pingback: Anderson .Paak – Malibu (2016) | Escuta Essa!

  3. Pingback: The Avalanches – Wildflower (2016) | Escuta Essa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: