2015 Indie Live/Ao vivo Resenhas Rock

The White Stripes – Under Amazonian Lights (2015)

Under Amazonian Lights Box

Jack e Meg ao vivo. No Brasil. Em Manaus. Numa casa de ópera. Em 2005.

Por Lucas Scaliza

Mais material de gaveta de Jack White, Meg White e da Third Mand Records, gravadora baseada em Nashville do Jack White. Isso porque já lançaram este ano o Live Under The Lights of the Rising Sun, com o registro da primeira vez que Jack e Meg tocaram no Japão. Um disco legal e para colecionadores. Mas Under Amazonian Lights é diferente: mostra uma dupla mais madura, com repertório mais vasto, mais conhecido e no Brasil. Na Amazônia. Numa casa de ópera de Manaus. Em 2005.

Era a turnê de Get Behind Me Satan (2005). Jack ainda morava em Detroit e conforme ele toca e conversa com o público você percebe que era mais jovem. Então é um ótimo registro histórico da dupla. No repertório, versões bem legais de “Blue Orchid”, “Black Math”, “Dead Leaves on the Dirty Ground”, “My Doorbell” e “Hotel Yorba”, sem falar em 48 segundos de Meg cantando “Passive Manipulation” e de duas versões de “The Same Boy You’ve Always Known”, uma elétrica e outra acústica.

Meg White e Jack White em 2005.
Meg White e Jack White em 2005.

O pacote que a Third Man Records (TMR) está vendendo traz o show de 66 minutos e 22 faixas dividido em dois LPs vermelhos, junto a um DVD com a apresentação e um single de 7 polegadas com a faixa “I Let You Down”, gravada por Jack lá em 2000, e a instrumental “Ain’t No Sweeter Than Rita Blues”, que acabou de fora de Get Behind Me Satan e só agora vê a luz do dia. Ou seja, um box para colecionadores, para apreciadores de Jack, Meg, White Stripes e esses itens de butique da TMR.

O show, recheado de guitarra distorcida e com um onipresente fuzz, contou com alguns covers bem legais. “I Asked For Water” do Howlin’ Wolf, “Death Letter” do Son House, a folclórica “St. James Infirmary” e “(I’ll be with you) In Apple Blossom Time”, de Barry Manillow, espremida no meio de “I Just Don’t Know What to Do with Myself”. A divertida “Little Ghost”, a poderosa “Screwdriver”, “Fell In Love with a Girl” e a marimba de “The Nurse” também marcam presença. Note que muitas músicas do repertório continuam a fazer parte dos shows da carreira solo de Jack White, como mostrou seu disco ao vivo no festival Bonnaroo de 2014. Ah, e sim, “Seven Nation Army” fechou o show em Manaus com direito a coro da plateia e tudo mais.

Vault 23 - Under Amazonian Lights - Live At The Teatro Amazonas Opera House In Manaus, Brazil, 2005_F

Interessante ressaltar que nessa época o White Stripes estava tocando em diversos lugares diferentes, diversos locais que não costumam receber shows. O Teatro Amazonas, a grande casa de ópera que recebeu o show, nunca antes tinha abrigado uma apresentação de rock. Dizem que o próprio Jack White reparou que pó caía do teto em momentos mais pesados do show. Havia de fato o medo de que pedaços do teatro caíssem devido à pressão da amplificação dos instrumentos.

Quatro particularidades: 1) Como é um espaço para óperas, o Teatro Amazonas tem poltronas, não espaço aberto. Jack pediu para que todos se levantassem e curtissem o show em pé, mais próximos do palco e como um concerto de rock e blues enérgico deve mesmo ser curtido. 2) Em um determinado ponto do show – e isso infelizmente não está nos LPs, mas está no DVD –, Jack e Meg foram para fora do teatro e tocaram a clássica “We’re Going to be Friends” para os amazonenses que não conseguiram comprar ingressos e ficaram de fora do espetáculo. 3) Naquele mesmo dia, 1º de junho, Jack White se casou com a modelo inglesa Karen Elson, ambos em cima de um barco no encontro das águas do Rio Negro com o Solimões. Um pajé abençoou a união. 4) Quando Jack tocou “(I’ll be with you) In Apple Blossom Time”, já no final do show, era para comemorar a data e homenagear sua mulher, pois a música fala de casamento. Karen assistiu tudo de camarote.

Under Amazonian Lights é mais um desses momentos White Stripes. Contém toda a força, o caos e os improvisos que caracterizam os shows da dupla e que Jack levou para sua carreira solo.

Quanto material a TMR ainda tem da banda e de Jack White para liberar futuramente? Provavelmente, muita coisa.

Vault 23 - Under Amazonian Lights - Live At The Teatro Amazonas Opera House In Manaus, Brazil, 2005 B

8 comentários em “The White Stripes – Under Amazonian Lights (2015)

  1. Pingback: Unknown Mortal Orchestra – Multi-Love (2015) | Escuta Essa!

  2. Pingback: Jack White – Lazaretto (2014) | Escuta Essa!

  3. Pingback: The Dead Weather – Dodge And Burn (2015) | Escuta Essa!

  4. Pingback: Os Oito Odiados (The Hateful Eight) – a trilha de Ennio Morricone (2015) | Escuta Essa!

  5. Pingback: Esquadrão Suicida (Suicide Squad) – a trilha sonora (2016) | Escuta Essa!

  6. Pingback: Royal Blood – Royal Blood (2017) | Escuta Essa!

  7. Pingback: Royal Blood – How Did We Get So Dark? (2017) | Escuta Essa!

  8. Pingback: Left Lane Cruiser – Claw Machine Wizard (2017) | Escuta Essa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: