2015 Indie Pop Rock

Wavves x Cloud Nothings – No Life For Me (2015)

de9e8982

Disco colaborativo, rápido e bem sucedido

por brunochair

Em 2015, já tivemos um exemplo de disco colaborativo que parece não ter emplacado. Na verdade, o “não emplacado” foi uma forma sutil de dizer que o disco FFSque reuniu os escoceses do Franz Ferdinand e os americanos do Sparks, foi bastante aquém do esperado: fraquíssimo. Muitas das vezes, o problema de discos colaborativos é os artistas envolvidos não conseguirem pensar em algo que esteja para além do que estão acostumados a fazer quando não estão em conjunto.

Já que demos o exemplo de um disco fraco, há que se rememorar um trabalho que rendeu bastante frutos aos seus integrantes. Lembram-se dos Tribalistas? “Já sei namorar”? Pois é. O trio formado pelos respeitáveis artistas da mpb Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes e Marisa Monte conseguiram emplacar com um disco colaborativo, que não refletia muito o que cada um deles desenvolvia/desenvolve em suas carreiras solo. Aí sim, temos um trabalho colaborativo que valeu a pena ser concretizado, com uma proposta estética distinta.

Os dois parágrafos acima serviram como digressão para a crítica do álbum No Life For Me, do Wavves e Cloud Nothings. As duas bandas apresentam pontos em comum: são americanas, flertam com o punk rock e são conhecidas pelo Lo-Fi, ou seja, métodos de gravação mais “garageiros”, rústicos. Fora isso, as bandas caminham por esferas distintas: o Cloud Nothings é conhecido pela sua energia mais raivosa, misto do grunge e hardcore dos anos 90; O Wavves, por sua vez, flerta com a surf rock e possui um clima mais ameno, litorâneo.

screen-shot-2015-03-17-at-8-04-31-pm

Pois No Life For Me possui um pouco de cada experiência das bandas, sem que isso fique parecendo que “ah, essa música é mais Wavves, e essa é mais Cloud Nothings”. Conseguiram criar uma musicalidade bastante particular, de forma bem dosada, que contemplasse as intenções artísticas de ambas as bandas. O registro foi gravado em Los Angeles entre 2014 e 2015, e produzido por Nathan Willians (Wavves) e seu irmão, Joel Kynan. São nove músicas, que totalizam em torno de 21 minutos. Um registro curto, mas direto. As referências ficam por conta do punk rock inglês, o hardcore, a noise pop e a surf music.

Trata-se de um registro bastante interessante, não só para quem já conhece e acompanha as bandas envolvidas, mas também para quem nunca teve contato. Também devemos ressaltar que as bandas estão a pleno vapor em suas carreiras: o Cloud Nothings vem de um álbum bastante elogiado pela crítica ano passado, Here and Nowhere Else. Já o Wavves está com disco no gatilho, chamado V. Ou seja, há muito por vir dessas duas novas bandas do cenário estadounidense. A conferir.

Anúncios

0 comentário em “Wavves x Cloud Nothings – No Life For Me (2015)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: