2015 MPB Nacional Pop Resenhas samba

Zélia Duncan – Antes do Mundo Acabar (2015)

zelia duncan antes do mundo acabar

Zélia surpreende com disco de samba e supera expectativas, mostrando-se (mais do que nunca) uma artista completa e autônoma

por Patrícia Lima

Quando soube que Zélia Duncan ia lançar um disco novo, fiquei eufórica. O disco anterior, Tudo esclarecido, havia sido um arrebatamento no meu coração musical. Se antes disso eu já era fã dela, o disco inspirado em canções de Itamar Assumpção foi o anel de compromisso com a sua obra. A partir daquele momento, soube que não havia mais como deixar de acompanhá-la.

Foi assim que, quando ouvi Antes do Mundo Acabar pela primeira vez, apesar de sabê-lo um disco de samba e imaginá-lo um tanto diferente dos outros, fiquei a procurar o lirismo folk/pop/mpb para o qual os discos anteriores (Tudo Esclarecido, Pelo Sabor do Gesto e Sortimento, por exemplo) haviam me preparado. Não achei nada daquilo. Fiquei desgostosa, procurando o desenho que minha expectativa havia delineado.

Esperava a sutileza de versos como os de “Telhados de Paris”, composta por Nei Lisboa: venta, ali se vê, onde o arvoredo inventa um ballet; ou talvez a introspecção e poesia de na sala numa fruteira, a natureza está morta, laranjas, maçãs e peras; bananas, figos de cera; decoram a noite torta – trecho da música “Noite Torta”, composta por Itamar Assumpção.

Deixei alguns dias passarem e coloquei o disco para tocar novamente, dessa vez com coração e ouvidos um pouco mais abertos. Deixei a cabeça aberta também para as letras e para as novas parcerias que pareciam ter auxiliado Zélia em seu voo em direção ao samba. Descobri o Xande de Pilares, compositor tão apartado de meu universo musical, em 3 canções do disco: “Destino tem razão, que inicia o álbum já mostrando a que veio, através de um potente e harmonioso trabalho de percussão e violão; “Olha, o dia vem aí”, e “No meu país. Todas dispostas a irradiar alegria, mesmo quando acopladas à reflexão social.

zelia_e_xande_620

Outra nova parceria surgiu para Zélia: Arlindo Cruz, cuja colaboração se dá na “Nosso amor dormiu, mas acordou”, canção capaz de motivar passos de samba até no mais pessimistas dos homens. E deu continuidade a parcerias já comprovadamente bem-sucedidas, como as com Zeca Baleiro, Pedro Luís, Ana Costa e Bia Paes Lemes, a produtora do disco.

Ouvindo com mais apuro e profundidade, pude notar que a velha Zélia continuava lá, me dizendo coisas lindas, talvez de uma maneira um pouco diferente. Como em “Eu Mudei”, quando Zélia diz que mudou na pequena distância muda, entre dois finos pingos de chuva. Quem nunca? Mudar no silêncio dos dias, isso é filosofia pura! Ou em “Antes do Mundo Acabar”, quando ela quer olhar o amor de perto, sem medo, antes da saudade me arrastar pro olho do furacão, e também quer ser o amor bomba relógio, que você não desarmou. Amor bomba relógio, minha metáfora preferida do disco.

Foto: Roberto Setton | Divulgação
Foto: Roberto Setton | Divulgação

Ela continua nos enfeitiçando com o poder das palavras distribuídas de maneira sábia e comovente. Permanece a mesma, ao contrário da minha impressão inicial, entretanto se permitiu – entre dois finos pingos de chuva – cantar mais alto e bater mais forte no pandeiro. Certamente deixou muitos bambas orgulhosos.

Mostra, assim, que faz o que tem vontade, sem perder a mão. Interpreta Itamar Assumpção, reinventa Luiz Tatit, atua e, (por que não?) samba. Tem segurança artística para transitar pelo terreno que quiser. É, cada vez mais, um orgulho para a música brasileira e uma força que derruba o mito que associa levianamente música pop à pouca qualidade musical.

ZeliaDuncan

0 comentário em “Zélia Duncan – Antes do Mundo Acabar (2015)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: