2016 Eletronica Pop Resenhas

Sia – This Is Acting (2016)

Neste disco, Sia dá corpo a composições feitas por ela para outros artistas

por brunochair

Mais uma vez, cá estou para falar sobre um álbum novo da cantora Sia. O último álbum, 1000 Forms Of Fearnão recebeu uma resenha positiva da minha parte. Achei o disco comercial demais, o ritmo do álbum e a própria perfomance vocal da Sia um tanto monotemática. No geral, um disco repleto de singles, dispostos a oferecer pouca vivacidade ao ouvinte. Mas, ok… vamos dar uma outra chance à cantora Sia. Comecei a ouvir o novo álbum dela, chamado This Is Acting. Será que desta vez ela superou as minhas expectativas?

Bom… antes de tecer alguns comentários sobre o disco, importante contextualizá-lo: This is Acting é o sétimo álbum de estúdio da cantora australiana. Para quem não conhece a carreira de Sia, importante saber que a artista, além de cantora, é também compositora bastante requisitada por artistas do mundo pop, como Beyoncé e Rihanna. E This is Acting reflete muito do trabalho de Sia como compositora, pois o álbum todo é constituído por canções que Sia havia escrito para outros artistas.

sia this is acting1.jpg

“Bird Set Free”, por exemplo, foi escrita e composta em parceria com Adele. A música seria usada pela britânica em seu álbum 25. Porém, ao iniciar a gravação do disco, “Bird Set Free” ficou de fora, e Adele gentilmente ofereceu-a para Sia gravar. Enfim, todas as canções do disco passaram por histórias parecidas: músicas compostas por Sia e rejeitadas por artistas como Shakira, Rihanna, Beyoncé, Katy Perry.

Como as músicas foram escritas para outras artistas, então Sia precisou dar voz a muitas. Por isso, o nome do disco: This Is Acting. Como em uma peça teatral, Sia abre um leque de artistas, sensações e movimentos. Cada música torna-se um ato autônomo, dentro do universo do disco.

Feita essa digressão, afirmo minhas impressões sobre o disco: se considerava 1000 Forms Of Fear um disco comercial, This is Acting consegue ser mais comercial ainda. Há muitos singles dentro do disco com potencial midiático, radiofônico. Afinal, se a cantora havia escrito músicas especialmente para as cantoras acima citadas, não poderíamos esperar outra coisa que não essa característica massiva.

sia this is acting2

Em 1000 Forms Of Fear, comentei sobre o disco ser “monotemático”. This is Acting também é, mas em termos: sim, a cantora continua desenvolvendo uma performance vocal muito parecida em todas as músicas. Nos versos e nas pontes, mantém um tom de voz normal. Porém, quando chega aos refrãos, ela solta a voz! Ela alcança algumas notas consideráveis em “Alive”, por exemplo. O problema é que, ao invés de ser uma experiência prazerosa ao ouvinte, traz mais repulsa do que aplausos. Os comentários dos dois outros resenhistas deste blog, senhores Lucas Scaliza e Gabriel Sacramento, foi: a Sia grita demais! E não deixa de ser verdade.

A outra crítica que fiz sobre 1000 Forms of Fear foi em relação à estrutura das músicas: considerava-as monotemáticas, também. Neste ponto, temos um avanço em This Is Acting, pois Sia consegue mostrar diversas facetas e possibilidades sonoras: tem músicas mais lentas (“One Million Bullets”), EDM’s bem animados (“Move Your Body”), mas também possui flertes com o reggae (“Cheap Thrills”, melhor música do disco na minha opinião) e com o R&B. Como todo álbum que funciona na base de singles, o disco perde intensidade da oitava música em diante. “Reaper” é a última música com boa intensidade. Após isso, temos singles bastante esquecíveis.

Enfim, não foi desta vez que a cantora Sia conseguiu despertar meu interesse por suas criações artísticas. Mais uma vez, digo que o problema não está na intencionalidade comercial de suas canções, e sim em dispensar todas as energias possíveis nisso. No meu ponto de vista, falta a ela ousar mais, inventar novos significados para a sua representação musical. Aguardemos novos atos.

Anúncios

3 comentários em “Sia – This Is Acting (2016)

  1. Pingback: Beck – Colors (2017) – Escuta Essa!

  2. Pingback: The Horrors – V (2017) – Escuta Essa!

  3. Pingback: Red – Gone (2017) – Escuta Essa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: