2016 Funk Jazz Nacional Resenhas Soul

Abayomy Afrobeat Orquestra – Abra Sua Cabeça (2016)

Fela Kuti vive! Chico Science também!

por brunochair

O afrobeat, estilo musical originado na Nigéria dos anos 70 sob a forte inspiração de Fela Kuti, tem em seu gérmen a diversidade de influências. Do afrobeat original do Africa ’70 temos o Yorubá, o funk, o jazz, um sem-número de percussões. É um estilo de muitos. E, por conta dessa manifestação plural da música, do teor político sempre presente e da moldura identitária e religiosa, temos um estilo (afrobeat) e um artista (Fela Kuti) que continuam na mente e nos corações de muitos – sejam eles artistas, sejam eles ativistas políticos, sejam eles apreciadores de boa música, ou tudo isso.

Temos acompanhado, tanto no Brasil como no mundo, o surgimento de bandas que possuem uma relação afetiva e musical com o afrobeat muito próxima. Antibalas, Kokolo, Fanga, Five Alarm Funk, Bixiga 70 e Aláfia são algumas das que podemos citar, sendo as duas últimas representantes da música nacional. Agora, falaremos de outra banda que também nos representa, tanto no Brasil como lá fora, que é a Abayomy Afrobeat Orquestra.

A Abayomy surgiu em 2009, através de um festival de música que é realizado anualmente, chamado Fela Day. O Fela Day é organizado nos mês de Outubro, para que seja celebrado o nascimento e a figura de Fela Kuti. Aqui no Brasil, o festival Fela Day é organizado no Rio de Janeiro, e a banda surgiu deste encontro, dessa ideia de reverenciar o mestre e dar novo sangue e corpo ao afrobeat.

abayomy afrobeat orquestra1

Abra Sua Cabeça é o segundo disco da carreira desta big band carioca. O disco contém nove músicas, e conta com a produção de Pupillo, que é membro da Nação Zumbi. A Abayomy presenteou os ouvintes com as participações especiais de Otto, Céu, Jorge Du Peixe e Tonny Allen, baterista também responsável pela fundação do afrobeat e que acompanhava Fela Kuti em todos os seus momentos.

Como já dissemos anteriormente, o afrobeat prezava pela multiplicidade de referências. A musicalidade do estilo passa também pelo mesmo processo, sendo que as bandas brasileiras conseguem captar (e muito bem) esta possibilidade de ampliar, ainda mais, este caldeirão de possibilidades. Tanto Bixiga 70 quanto Aláfia foram a fundo na vastidão que é a cultura afro-brasileira, ao falar do candomblé, da umbanda e também do folclore popular. O afrobeat torna-se, portanto, um ponto de partida, uma das formas possíveis de se criar e pensar o novo. A partir disso, temos novas linguagens.

Abra Sua Cabeça também parte dessa premissa: durante o disco, as influências do afrobeat original estão ali, intactas; mas, ao mesmo tempo, temos muito de música brasileira, sobretudo a forte presença do manguebeat nas nove canções que integram o álbum. Certamente, a figura de Pupillo como produtor do disco foi crucial para que os excelentes músicos da Abayomy pudessem desenvolver essa proximidade com o manguebeat. Obviamente, a presença de Otto e Jorge Du Peixe também auxiliam a banda a buscar esta inspiração.

abayomy afrobeat orquestra2.jpeg

“Mundo Sem Memória” é a representação da junção do afrobeat ao manguebeat, dois estilos que trazem um mundo de referências e possibilidades, que conseguem conversar e oferecer uma experiência singular ao ouvinte. Destaque para a interpretação de Otto, que consegue ser (a um só tempo) agressiva e ancestral. “Abra Sua Cabeça” é o chamado inicial da banda para os ouvintes de primeira viagem, e ao mesmo tempo é a evocação dos orixás da cabeça de cada pessoa. Tony Allen, que aparecerá na bateria em algumas músicas, surge na música inicial falando a respeito do mestre Fela Kuti.

Há funk (“Oya! Oya!”), há Yorubá (“Omolu”), há reggae (“Sensitiva”, que parece ter sido pensado para a Céu cantar), há “Tony Relax”, há questões identitárias e sociais presentes na maioria das canções de Abra Sua Cabeça. A banda carioca, assim como o Aláfia e o Bixiga 70, conseguiu evoluir do primeiro para o segundo disco, ampliando as já extensas fronteiras que o afrobeat apresentou para a música mundial, na década de 70. Apresentou uma nova linguagem musical, outras referências, e entrega assim um disco envolvente e necessário.

Fela Kuti vive! Chico Science também!

1 comentário em “Abayomy Afrobeat Orquestra – Abra Sua Cabeça (2016)

  1. Pingback: Marcelo Yuka – Canções Para Depois do Ódio (2017) | Escuta Essa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: