2017 Folk Pop Resenhas Rock

Felipe Valente – Reversos (2017)

Novo disco contribui com a música nacional como um todo e não somente para o mercado cristão

Por Gabriel Sacramento

Felipe Valente é um dos talentos da música cristã contemporânea.  Além de ser uma das vozes mais interessantes do ramo, trabalha para fugir da mesmice que vem assolando o mercado gospel, com letras inteligentes e uma preocupação maior com a música em si. Muito influenciado por outro cantor cristão talentoso, Leonardo Gonçalves, Felipe está tentando fazer seu nome não somente como um músico cristão, mas como um bom artista de música brasileira moderna.

Seu novo álbum ganhou o nome de Reversos. O disco apresenta uma postura mais madura de Felipe com relação à sua carreira do que a que pudemos ver no álbum FV (2009). Reversos mostra um Felipe Valente mais seguro das suas intenções dentro do mercado musical e com força e disposição para expressar sua fé, por meio de uma música de classe e bem feita.

felipe-valente_2017

O disco possui nuances roqueiras, como na canção de abertura “Despreocupado”, mas também passeia por momentos mais leves e calmos, como no começo da faixa final, que leva o nome do álbum. O tom roqueiro é ditado por uma instrumentação direta, simples, sem muitos floreios, mas precisa. A própria base de “Despreocupado” é uma prova: progressões de acordes descomplicada, batidas lineares e um vocal grandioso no refrão. A simplicidade convida o ouvinte a mergulhar ainda mais no disco.

Temos outros pontos fortes, como “Justiça e Poder”, com melodias classudas e belas, que transitam entre o melancólico e o esperançoso. “Não Ando Só” mescla tom de balada, guitarra limpa dedilhada e uma levada de bateria meio indie, bem estruturadinha e com um ótimo refrão. Já “Monte Nebo” traz um pouco (só um pouco) de folk ao álbum, um folk bem solitário, com pouca instrumentação. Além do violão, há um arranjo orquestral singelo e que serve bem à música. “O maior inimigo que tenho sou eu” é a conclusão de Felipe na faixa, com muita sinceridade e suavidade. A já citada faixa-título cresce no final, daquele modo econômico e fortemente marcado por acordes simples que permeia o resto do álbum, fechando com vigor e peso.

É evidente o esforço de Felipe Valente em soar diferente e deixar sua marca no meio em que está inserido. Sua música deixa claro que ele tem talento suficiente para tal, com composições de uma beleza e singeleza estonteantes. A capacidade vocal de Felipe é uma vantagem: seu estilo de cantar foi moldado nos corais de que participou quando mais jovem e é forte, suave, transita com facilidade entre registros diferentes e entre nuances diferentes. Ele sabe quando gritar, quando imprimir mais agressividade e quando soar mais contido. O mix da sua capacidade técnica com o bom senso torna sua performance algo digno de nota.

Reversos é um álbum bom para mostrar que independente da fé, os artistas podem sim fazer boa música. Seu talento deve ser reconhecido pela sua contribuição com a música nacional como um todo, não somente para a música cristã. Os rótulos não podem sufocar a universalidade da beleza da expressão musical.

Ou seja, com todas essas qualidades nas composições, voz impecável, simplicidade e precisão de arranjos, o novo álbum de Felipe Valente é um grande passo na carreira, bem mais convincente acerca de sua proposta musical e firmando bem seus passos na caminhada rumo ao sucesso. Caso continue focado, compromissado com sua música e buscando fazer arte de qualidade e com sinceridade, Felipe pode ser cada vez mais reafirmado como um artista a ser notado no meio de muitos “comuns” por aí.

felipe-valente_2

Anúncios

0 comentário em “Felipe Valente – Reversos (2017)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: