Saulo – O Azul e o Sol (2017)

Em seu terceiro álbum solo, Saulo Fernandes cria textura baiana em forma de poesia e música

por brunochair

Álbum de textos, livro de música. É assim que Saulo define o seu novo trabalho, O Azul e o Sol, já na capa do disco. Este é o terceiro álbum solo do cantor baiano, que ficou bastante conhecido por ser o cantor principal da Banda Eva. O que, já na época que assumiu, foi uma grande responsabilidade para Saulo – afinal, ser o frontman de uma banda tão conhecida (que já contou com as vocalistas Ivete Sangalo, Emanuelle Araújo e outros ícones da axé music, como Richardo Chaves e Luiz Caldas) não é pra qualquer um. Mas Saulo Fernandes tirou a experiência de letra, e ficou por onze anos nesta empreitada.

Saulo não é apenas um vocalista: também compõe e escreve textos com uma carga poética bastante significativa, o que sempre aguçou o interesse e a atenção dos fãs Brasil afora, que compartilhavam seus escritos em redes sociais, blogs e afins. No processo de composição, segundo entrevista de Saulo para Moska no programa Zoombido, o baiano diz não ter preocupação em “musicar” o que escreve: deixa primeiramente o texto fluir, e num instante posterior vem o processo de dar corpo àquelas palavras, rearranjando-as em harmonias e acordes.

Pois esta foi a ideia de O Azul e o Sol. Saulo reuniu alguns dos seus escritos, e deu textura (cor e sabor) a eles. A primeira frase deste novo disco de Saulo (“O céu da Bahia é mais bonito que qualquer outro”) já nos dá pistas desta reverência poética e cultural à Bahia, de todos os sóis, de todas as tribos e de todos os santos. Saulo recita em vários momentos do disco, e ainda que tudo esteja musicado, sentimos sim uma alta carga poética de tudo o que está ali representado.

saulo-o-azul-e-o-sol2

Outra característica do álbum, além desta forte literalidade, é o ecletismo musical que Saulo consegue apresentar. É claro que o axé está presente em vários momentos do disco, lugar onde o cantor transita com segurança e habilidade. Mas, no decorrer do disco, observamos o cantor baiano transitar pela MPB (“Incrível Ser”), reggae (“Vida Labirinto”) e samba. “Ponte, Casa e Flor”, por exemplo, carrega uma significação de samba no melhor estilo Dorival Caymmi, e é um dos ótimos momentos do disco. “Sol em Festa”, a segunda canção do álbum, conta com a participação de Alberto Caeiro. Sim, ele está ali, através da poesia “Meto-me para Dentro”, que Saulo recita com paixão e energia.

O axé mais voltado ao pop pode ser notado em “De Repente Mente”, “Deixa Lá” e “Terra Nossa”. Ainda que pop, nenhuma delas possui uma letra estilo “chiclete”, como estamos acostumados a ver nos carnavais e em determinados grupos do estilo: aquele refrão repetido, letras tão básicas. Saulo parece estar preocupado não em criar hits de verão, e sim em apresentar um trabalho com teor lírico e musical relevante.

O disco teve a participação de Lazzo Matumbi, na faixa “Ancestral”; Luciano Calazans, nas faixas “Lábios Vermelhos” e “Ponte, Casa e Flor”; Danny Nascimento, na faixa “Mó”; Fábio Rocha, nas faixas “A Gente Leve”, “Vida Labirinto” e “Sol em Festa”; Felipe e Gabi Guedes, na faixa “Ancestral”; Gigi, na faixa “Mó”; Os Skanibais, na faixa “Mundo da Lua”; Grupo Muliere, na faixa “Ponte, Casa e Flor”. Marcio Mello, Lau, Dom Chicla, Gerônimo, Ênio Taquari, Renan Ribeiro foram alguns dos compositores que ajudaram Saulo a dar vida, luz e sabor a essa empreitada.

Um bom disco de música popular brasileira. Mesmo que você não goste do estilo, que tenha até um certo preconceito para com a axé music (sobretudo neste segmento mais popular), procure ouvir este trabalho do Saulo com o coração e ouvidos abertos – certamente, o disco trará algumas surpresas (poéticas e musicais) para a sua vivência musical. Desconstruir opiniões e preconceitos é importante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s