2017 Resenhas Rock

Puta Volcano – Harmony of Spheres (2017)

Da Grécia, o melhor grunge que você poderia ouvir em 2017

por brunochair

Você é saudoso do grunge? Aquele grunge de raiz mesmo, estilo este que trouxe ao mundo e ao showbizz bandas como Soundgarden e Alice In Chains como das principais do estilo? Pois você vai ficar muito feliz ao ouvir este disco Harmony of Spheres do Puta Volcano. É um álbum de 2017 de uma banda oriunda da Grécia que tem como vocalista uma mulher chamada Luna. Se, com esse bando de referências musicais e peculiaridades envolvendo o país de origem do grupo não te atraiu, provavelmente você tem um coração muito gelado.

puta volcano - harmony of spheres2.jpg

Harmony of Spheres é o terceiro álbum do grupo, que lançou seu disco de estreia em 2011. O Puta Volcano é definido mais como stoner rock do que grunge, estilo esse que também é notado neste álbum, aqui e ali. Porém, o resenhista que vos digita essa resenha ouviu atentamente e crava: é grunge sim, man! É impossível não ouvir as duas primeiras faixas, “Dune” e “Bird”, e não fazer uma conexão com as já citadas bandas estado-unidenses. Some-se a elas uma influência do Bush, banda que tinha como frontman Gavin Rossdale e entregou ao público e ao grunge boas contribuições musicais.

A vocalista Luna também chama a atenção com um vocal bastante resgado. É melódico como o é de grandes cantoras femininas (Janis Joplin e e Ann Wilson) mas sua voz é mais grave, o que aproxima ainda mais o Puta Volcano ao grunge e ao stoner. Nos refrãos, sua voz, dobrada ao do baixista Bookies, oferecem uma ambientação diferente às músicas. O álbum é pedrada do início ao fim: quando parece que vai acalmar, como nas intros de “Neon” e “Moebius”, logo em seguida a poderosa guitarra contagia os demais instrumentos e o grupo segue em sua programação habitual. Outra música a ser destacada é “Afterglow”, que começa num ritmo que até lembra o At The Drive In e talvez a sua mais conhecida música, chamada “One Armed Scissor”. São bandas de estilos bem distintos, mas o que as une é essa energia, ir direto ao ponto sem qualquer tipo de enrolação.

puta volcano - harmony of spheres.jpg

Puta Volcano, ainda que seja um grupo que não esteja nos principais centros musicais, faz um disco bastante consistente. A produção alcançou um resultado bastante satisfatório, e ainda que a ideia do disco seja discutir algumas questões centrais sobre a existência da vida e de nós mesmos (dando sempre ênfase na importância da dúvida), a única certeza que nos move, ao ouvir o álbum, é que o grupo conseguiu atingir o seu objetivo.

 

Anúncios

2 comentários em “Puta Volcano – Harmony of Spheres (2017)

  1. Pedrada do inicio ao fim certeza!! Banda muito boa.
    Acho que a cena do stoner ja vem crescendo há um tempo..
    Foi uma ótima junção o grunge + stoner! Perfeito, me lembra muito os vocais de Alice In Chains com um efeito de guitarra fuzz do stoner…
    Enfim, só queria dizer que é uma boa banda mesmo. Quero escutar os outros álbuns.
    Outra banda boa e grega é 1000Mods.

  2. Gostei da resenha! Eu curti demais essa banda! Dentre as mil de stoner (+n variações) que a gente ouve todo dia. Tem muita coisa boa nova aí. Nova na mistura, ne. Pq a gente vai chamando de tudo que é nome, mas pra se situar. No fim é sombra de umas coisas antigas, mas totalmente novo tb. Enfim, falei igual a Dilma. Obg abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: