2017 Metal Resenhas Rock

Marilyn Manson – Heaven Upside Down (2017)

Em tempos de ameaça e incertezas, o novo bicho-papão não está debaixo da cama. Está liderando a nação

Por Lucas Scaliza

Nada como ter um presidente belicoso, agressivo, impulsivo, conservador e até meio destemperado como Donald Trump para fazer um libertário como Marilyn Manson produzir um excelente disco de rock, voltando à forma contestadora de seus discos dos anos 90 sem perder o balanço blues de The Pale Emperor (2015).

Heaven Upside Down é nervoso do começo ao fim e surpreendentemente ganha fôlego da metade para a frente, entregando faixas irrepreensíveis, catárticas e lotadas de guitarras pesadas. O próprio Manson não economiza no vocal dessa vez, soltando os berros sempre que possível em quase todas as faixas e refrãos. É libertador gritar com ele JE-SUS-CRI-SIS em “Jesus Crisis”, desde já uma das melhores faixas que o americano já entregou ao mundo. Aliás, ele continua craque com os trocadilhos que são marca de suas composições.

marilyn_manson-2017

O mundo continua errado, a sociedade americana continua hipócrita e temos um desejo de manter as coisas assim maior do que a capacidade de arrumar a nossa bagunça. Com um governante como Trump no comando da porra toda, fica ainda mais fácil para Manson destilar seu veneno. Ou melhor, o “nosso” veneno, que escorre para o campo social e que vira a matéria-prima para todos os seus temas e críticas. Embora a faixa “Saturnalia” – uma volta e tanto aos tempos de Mechanical Animals (1998) – seja sobre a morte de seu pai durante a gravação do álbum, todo o restante de Heaven Upside Down tem contexto político.

“Revelation 12”, “Say10”, “You Know Where You Fucking Live”, “Blood Honey” são todas faixas poderosíssimas e que, de uma forma ou de outra, trafegam entre o poder de fogo de Antichrist Superstar (1996) e uma maturidade mais roqueira de Holy Wood (2000). O lado industrial continua presente (principalmente em “Tattoed In Reverse”, mais uma volta ao disco de 98) e garantindo que Heaven Upside Down seja até um pouco dançante, caso a festa seja num clube sujo, escuro e lotado de gente esquisita com roupas de bondage e SM. A libidinosa “Threats Of Romance” poderia até ser trilha de um vampírico strip tease. Já faixas como “Heaven Upside Down” e “Kill4Me” trazem uma influência de blues rock mais direto e divertido.

Se The Pale Emperor se beneficiou do clima estrada-interior-dos-EUA proporcionado pela atuação de Manson no seriado Sons Of Anarchy, a cinematografia continua influenciando sua música. O novo disco foi feito em meio às gravações do seriado Salem, mais um em que o cantor participa atualmente. Parte das músicas foi gravadas na Louisiana, mesmo Estado em que Antichrist Superstar foi concebido.

O disco é enxuto (47 minutos) e direto (10 faixas), feito por uma banda bastante consistente. Manson nos vocais e na produção, Tyler Bates na guitarra, teclados e produção (ele inclusive faz a trilha sonora para Salem), Twiggy Ramirez no baixo e Gil Sharone na bateria. Sem participações especiais, sem músicos extras. É Marilyn Manson com todo o seu potencial e confiando nos recursos que tem.

Mesmo sendo um ano cheio de músicas políticas, fica o gosto de quero mais. The Pale Emperor mostrou que a banda podia inovar e sair dos trabalhos apenas medianos em que estava metida. Heaven Upside Down não choca a sociedade, não tem personagem para Brian Hugh Warner vestir e não terá livros sagrados sendo rasgados no palco, mas traz de volta a carga de inconformismo quando tudo aquilo era parte da receita estranha da banda. Neste tempo de tensão social, guerras cibernéticas e incertezas, um disco para se ouvir sem medo do bicho-papão debaixo da cama, mas com um olho nos líderes que escolhemos.

marilyn_manson_2

Anúncios

3 comentários em “Marilyn Manson – Heaven Upside Down (2017)

  1. Chato e infantil como sempre.

  2. Estou disponibilizando a discografia completa do Marilyn Manson no meu site

  3. Fiquei agradavelmente surpreso com este novo álbum. Um dos melhores da carreira sem qualquer dúvida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: